Em ano de Copa do Mundo, os campeonatos estaduais 2018 irão começar mais cedo, na metade de janeiro. E alguns clubes tradicionais do futebol brasileiro tentarão quebrar jejuns locais. Listamos 10, do menor para o maior período sem taça (considerando a diferença de tempo entre o último título e o ano de 2018).

CRUZEIRO – 4 ANOS
Não é muito tempo. Mas, desde 2014, ano do último título estadual do Cruzeiro, até o América foi campeão. O Galo, duas vezes. Em 2017, a Raposa foi vice.

FLUMINENSE – 6 ANOS
Última conquista no Estadual do Rio foi em 2012, em final contra o Botafogo. Depois disso, um vice, em 2017.

GRÊMIO – 8 ANOS
O Gauchão 2010 foi o último conquistado pelo Tricolor, em final com o Inter. De lá para cá, 3 vices: 2011, 2014 e 2015. Nas duas últimas temporadas, parou na semifinal.

PALMEIRAS – 10 ANOS
Último Paulistão foi conquistado em 2008, em final contra a Ponte Preta. Depois disso, apenas um vice, contra o Santos, em 2015.

CSA – 10 ANOS
Campeão da Série ‘C’ do Campeonato Brasileiro em 2008, o clube de Maceió não conquista o Alagoano desde 2008. É o atual bi-vice, tendo perdido ambas finais para o CRB. Ainda assim, continua sendo o maior campeão do estado, 7 taças à frente do rival.

PARANÁ CLUBE – 12 ANOS
De volta à Série ‘A’ do Brasileiro em 2018, o Paraná chegou a disputar a 2ª divisão estadual nos últimos tempos. Sua última conquista do Campeonato Paranaense é de 2006. Em 2007, foi vice. Desde então, jamais voltou à final.

SÃO PAULO – 13 ANOS
O último título do Paulistão ocorreu ainda em 2005, ano do tri da Libertadores e do Mundial. Vice em 2006, o São Paulo alcançou, no máximo, 4 terceiros lugares desde então. Em 2017, perdeu para o Corinthians na semifinal.

VILA NOVA (GO) – 13 ANOS
O Vila fez uma Série ‘B’ nacional de respeito, tendo terminado em 7º lugar e frequentado o G-4. Mas não ganha o Campeonato Goiano desde 2005. Ficou entre 2006 e 2016 sem chegar, sequer, à final. Em 2017, foi vice, diante do Goiás.

NÁUTICO – 14 ANOS
São 21 títulos pernambucanos, o mais recente, em 2004. Nesses 14 anos, o clube, agora rebaixado à Série ‘C’ nacional, foi tri-vice do Estadual, entre 2008 e 2010, e chegou, novamente, em 2º, em 2014.

JOINVILLE – 17 ANOS
Participante da Série ‘A’ do Brasileirão em 2015, tem 12 títulos do Campeonato Catarinense – é o 3º maior campeão. Hoje na Série ‘C’ nacional, não ganha a taça em seu estado desde 2001. Em 2015, até ganhou, no campo, mas perdeu no tribunal para o Figueirense.

OUTROS JEJUNS ESTADUAIS

  • Flamengo/PI – 9 anos – 2º maior campeão piauiense, só atrás do River, não é campeão desde 2009.
  • Mixto/MT – 10 anos – Maior campeão do Mato Grosso, com dobro de títulos do 2º colocado, não ganha o campeonato desde 2008.
  • Rio Negro/AM – 17 anos – 2º maior campeão amazonense, só atrás do Nacional, não fatura a taça desde 2001. Em 2017, terminou em 5º. Se último vice foi em 2003.
  • Operário/MS – 21 anos – Maior campeão do estado, não levanta taça desde 1997.

 

Veja também:

 

CamisetasGozadas.com.br

Curta a PÁGINA DE RISOBOL

Inscreva-se no CANAL RISOBOL no YouTube

Inscreva-se no canal Fritura!

E-book de humor, grátis!