O ano de 2017 foi fantástico para a Chapecoense, dentro de campo. Uma temporada que começou com incertezas, devido à tragédia ocorrida na Colômbia, terminou com o clube classificado à Libertadores, com sua melhor campanha na história do Brasileirão, e com o título catarinense.

A maneira como a Chape se reergueu faz imaginar metas possíveis a serem alcançadas em 2018. Listamos 4.

1) TRICAMPEONATO CATARINENSE – Ganhar o Estadual por 3 vezes seguidas é algo inédito na história do clube, atual bicampeão. Seria o 7º título catarinense da Chape, o 5º nos últimos 12 anos.

2) OITAVAS-DE-FINAL DA LIBERTADORES – Primeiro clube catarinense a participar de duas Libertadores, a Chapecoense só não chegou às oitavas-de-final, em 2017, pela escalação de um jogador que estava suspenso. É preciso passar por 2 adversários na Pré-Libertadores, a começar pelo Nacional, do Uruguai. Depois, é buscar seu espaço na chave de Santos, Estudiantes e Real Garcilaso (PER).

3) QUARTA SUL-AMERICANA SEGUIDA – Se não for às oitavas da Libertadores, a Chape poderá disputar, pelo 4º ano seguido, a Copa Sul-Americana. São duas possibilidades: sendo um dos 2 melhores eliminados da 3ª fase da Pré-Libertadores ou terminando em 3º lugar na chave, como ocorreu em 2017. Seria a 9ª competição internacional do clube neste século, igualando clubes como Vasco e Botafogo.

4) QUARTAS-DE-FINAL DA COPA DO BRASIL – Assim como em 2017, a Chape entrará na Copa do Brasil 2018 nas oitavas-de-final, o máximo que já atingiu em sua história, em 7 participações. Na mais recente, só não foi mais longe devido a uma arbitragem infeliz na partida de volta diante do Cruzeiro, que acabaria campeão. O adversário será definido por sorteio.

 

Veja também:

 

CamisetasGozadas.com.br

Curta a PÁGINA DE RISOBOL

Inscreva-se no CANAL RISOBOL no YouTube

Inscreva-se no canal Fritura!

E-book de humor, grátis!