Por vezes, é mais difícil sair de sua divisão do campeonato estadual do que cavar uma vaguinha em competições nacionais, por outros caminhos.

O maior exemplo é o estado de São Paulo. Dos 8 clubes que estão fora da primeira divisão de seus estados e disputarão competições nacionais em 2018 (Copa do Brasil ou séries B, C e D), 4 são paulistas, 1 deles, da terceira divisão estadual. Confira os 8, por ordem alfabética.

AIMORÉ – A equipe de São Leopoldo (RS) vai disputar a Copa do Brasil, a primeira competição nacional da história do clube, que tem 81 anos. Obteve a vaga com o vice-campeonato da Copa da Federação Gaúcha, em 2017. A estreia, em casa, será diante do Cuiabá. Se passar, o clube gaúcho poderá enfrentar o Botafogo (RJ), também como mandante. Na Divisão de Acesso do Gauchão 2017, foi às quartas-de-final.

AMERICANO – O clube de Campos (RJ) chegou a ser a quinta força do Campeonato Carioca. Em alguns anos, na década de 90, mais do que isso. Em 1994, perdeu a chance de subir à Série A do Brasileiro ao ser derrotado pelo Juventude, na semifinal da Série B – o clube gaúcho ficaria 13 anos na elite. Em 2017, perdeu para o rival Goytacaz a chance de subir para a primeira divisão estadual. Jogará a Série D por conta do vice da Copa Rio.

GUARANI – Integrante da Série B nacional (escapou do rebaixamento na penúltima rodada, em 2017), com 3 participações em Libertadores, o clube de Campinas, Campeão Brasileiro de 1978, disputará a Série A-2 do Paulistão pelo quinto ano seguido, desta vez, com o técnico Fernando Diniz, ex-Audax. Em 2017, o Guarani terminou em sexto.

INTER DE LIMEIRA – Campeã Paulista de 1986, chegou a disputar a Série A do Brasileiro em 1989 e 1990. Despencou a ponto de jogar a quarta divisão do estado de SP. Em 2017, foi vice-campeã da Série A-3 e jogará a A-2 em 2018. Disputará a Copa do Brasil na condição de vice da Copa Paulista. Estreará em casa contra o Rio Branco, do Acre.

MOGI-MIRIM – O ano de 2017 foi de 2 rebaixamentos para o clube: para a Série A-3 do Paulista – foi penúltimo na A-2 – e para a Série D do Brasileiro – pior campanha da ‘C’, com direito a W.O.. Se não subir para a ‘C’, novamente, em 2018, o Mogi terá que buscar vaga na ‘D’ 2019 através da Copa Paulista.

OESTE – Participante da Série B do Brasileirão (sexto lugar em 2017), o time de Barueri – anteriormente, de Itápolis – estará, ainda, na Copa do Brasil, competição na qual estreia diante do Brasiliense. Entra no torneio pelo Ranking da CBF. Na última A-2 do Paulista, ficou na 11ª colocação.

OPERÁRIO/PR – O clube de Ponta Grossa disputará a Série C do Brasileiro 2018 após a conquista da Série D. Mas segue na segunda divisão paranaense, da qual foi apenas quinto em 2017.

YPIRANGA – O clube de Erechim (RS) esteve próximo de se classificar às quartas-de-final da última edição da Série C do Campeonato Brasileiro. Ficou as 2 pontos do quarto colocado do grupo B. Em 2017, acabou rebaixado à Divisão de Acesso do Campeonato Gaúcho.

Aimoré jogará primeira competição nacional em 81 anos. Imagem: indiocapile.net/C.E. Aimoré/Divulgação

Aimoré jogará primeira competição nacional em 81 anos. Imagem: indiocapile.net/C.E. Aimoré/Divulgação

 

Veja também:

 

CamisetasGozadas.com.br

Curta a PÁGINA DE RISOBOL

Inscreva-se no CANAL RISOBOL no YouTube

Inscreva-se no canal Fritura!

E-book de humor, grátis!