Uma das tradições da Copa São Paulo de Futebol Júnior é o Pacaembu como palco final. Das 48 decisões realizadas, 33 ocorreram no estádio municipal. As outras 15 finais ocorreram em 8 estádios diferentes.

Foram utilizados estádios conhecidos da capital paulista tais como Canindé (5 finais), Morumbi (2), Parque São Jorge (2), Palestra Itália e Nicolau Alayon, do Nacional. Mas, até campos de várzea foram utilizados.

As duas primeiras finais ocorreram no modesto – e “desgramado” – Centro Esportivo Vicente Feola, na Vila Manchester. Na 3ª edição, a final, com clássico carioca, foi realizada no acanhado Centro Educacional de Pirituba. Eram outros tempos. A Copa São Paulo, no começo, era disputada por apenas 4 equipes. Em 2018, são 128, um recorde.

A última final em “campo alternativo”, digamos assim, ocorreu em 1988, nas dependências da USP.

ESTÁDIOS QUE RECEBERAM FINAIS DA COPA SÃO PAULO

CENTRO EDUCACIONAL DE PIRITUBA – 1 final (3ª edição)
1971 – Fluminense 4×4 Botafogo (pen: Flu 4×3)

“Estádio” em Pirituba. Reprodução Google Earth

NICOLAU ALAYON – 1 final
2008 – Figueirense 2×0 Rio Branco/SP

OLÍMPICO DA USP (ESTÁDIO UNIVERSITÁRIO) – 1 final
1988 – Nacional/SP 3×0 América/SP

Estádio da USP. Reprodução Google Earth

Estádio da USP. Reprodução Google Earth

PALESTRA ITÁLIA – 1 final
1983 – Atlético-MG 3×1 Botafogo-SP

CENTRO ESPORTIVO VICENTE ÍTALO FEOLA – 2 finais (as duas primeiras)
1969 – Corinthians 1×0 Nacional/SP
1970 – Corinthians 4×2 Palmeiras

CE Vicente Feola, palco das duas primeiras finais. Reprodução Google Earth

CE Vicente Feola, palco das duas primeiras finais. Reprodução Google Earth

MORUMBI – 2 finais
1977 – Fluminense 2×1 Ponte Preta
1998 – Internacional 1×1 Ponte Preta (com prorrogação; pen: Inter 4×3)

PARQUE SÃO JORGE – 2 finais
1973 – Fluminense 2×0 Corinthians (após prorrogação)
1976 – Atlético-MG 1×0 Corinthians

CANINDÉ – 5 finais
1979 – Marília 2×1 Fluminense
1984 – Santos 2×1 Corinthians
1995 – Corinthians 3×2 Ponte Preta (após prorrogação)
1997 – Lousano Paulista 1×1 Corinthians (pen: Paulista 4×3)
2002 – Portuguesa 1×0 Cruzeiro

PACAEMBU – 33 finais
1972 – Nacional/SP 2×1 Internacional
1974 – Internacional 2×1 Portuguesa (após prorrogação)
1975 – Atlético-MG 0x0 Ponte Preta (pen: Galo 5×2)
1978 – Internacional 0x0 Corinthians (pen: Inter 5×4)
1980 – Internacional 3×0 Atlético-MG
1981 – Ponte Preta 1×0 São Paulo
1982 – Ponte Preta 2×1 Santos
1985 – Juventus 1×0 Guarani
1986 – Fluminense 2×0 Ponte Preta
1989 – Fluminense 1×0 Juventus
1990 – Flamengo 1×0 Juventus
1991 – Portuguesa 4×0 Grêmio
1992 – Vasco 1×1 São Paulo (pen: Vasco 5×3)
1993 – São Paulo 4×3 Corinthians
1994 – Guarani 1×1 São Paulo (pen: Guarani 3×0)
1996 – América-MG 2×1 Cruzeiro
1999 – Corinthians 1×0 Vasco
2000 – São Paulo 2×1 Juventus
2001 – Roma Barueri 4×4 São Paulo (pen: Roma 6×5)
2003 – Santo André 3×3 Palmeiras (pen: Santo André 5×3)
2004 – Corinthians 2×0 São Paulo
2005 – Corinthians 3×1 Nacional/SP
2006 – América/SP 0x0 Comercial (pen: América 3×1)
2007 – Cruzeiro 1×1 São Paulo (pen: Cruzeiro 6×5)
2009 – Corinthians 2×1 Atlético-PR
2010 – São Paulo 1×1 Santos (pen: São Paulo 3×0)
2011 – Flamengo 2×1 Bahia
2012 – Corinthians 2×1 Fluminense
2013 – Santos 3×1 Goiás
2014 – Santos 2×1 Corinthians
2015 – Corinthians 1×0 Botafogo/SP
2016 – Flamengo 2×2 Corinthians (pen: Flamengo 4×3)
2017 – Corinthians 2×1 Batatais

 

Veja também:

 

CamisetasGozadas.com.br

Curta a PÁGINA DE RISOBOL

Inscreva-se no CANAL RISOBOL no YouTube

Inscreva-se no canal Fritura!

E-book de humor, grátis!