A Copa São Paulo de Futebol Júnior revela talentos dentro de campo e, cada vez mais, os técnicos também acabam tendo oportunidades em clubes profissionais. Dos 10 últimos treinadores campeões da Copinha, 2 entram 2018 em clubes da Série A do Brasileiro e outros 3 já trabalharam na principal divisão do futebol brasileiro de forma efetiva, como técnicos contratados.

OS 10 ÚLTIMOS TÉCNICO CAMPEÕES DA COPA SP

OSMAR LOSS (campeão com Corinthians 2015/2017)
Atual auxiliar-técnico de Fábio Carille no time principal.

ZÉ RICARDO (campeão com o Flamengo em 2016)
Atual técnico da equipe principal Vasco. Treinou o time de cima do Flamengo entre 2016 e 2017.

PEPINHO MACIA (campeão com o Santos em 2014)
Foi demitido do Santos em Outubro de 2015. Em março de 2017, assumiu o Corinthians e pediu demissão em Maio, 36 dias depois. Está sem clube.

CLAUDINEI OLIVEIRA (campeão com o Santos em 2013)
Atual técnico do time principal do Avaí. Depois do título da Copinha, chegou a treinar o time de cima do próprio Santos, além de Goiás, Paraná, Atlético Paranaense e Vitória.

NARCISO (campeão com o Corinthians em 2012)
No mesmo ano de 2012, foi para a base do Palmeiras e chegou a ser interino do time principal. Dirigiu, depois, os times de cima de Penapolense, Linense, ABC e XV de Piracicaba. Está sem clube.

PAULO HENRIQUE FILHO (campeão com o Flamengo em 2011)
Tornou-se auxiliar técnico do Flamengo e treinou, posteriormente, os times principais do Serra Macaense, do Macaé e do Atlético Itapemirim/ES. Faleceu em decorrência de um AVC, em 2017.

SÉRGIO BARESI (campeão com o São Paulo em 2010)
Seguiu trabalhando no São Paulo e chegou a assumir o time principal, no mesmo ano. Em 2012, dirigiu os profissionais do Paulista, de Jundiaí, e voltou ao Tricolor. Em 2014, foi comandar uma parceria do clube com o Shandong Luneng, da China. Retornou e rescindiu com o São Paulo no 1º semestre de 2016. Está sem clube.

ADAÍLTON LADEIRA (campeão com o Corinthians em 2009)
Passou, depois, pela base do Palmeiras e pelos profissionais do Guarantinguetá e do São Francisco/PA. Em 2017, comandou o sub-20 do Desportivo Brasil. Está sem clube.

ROGÉRIO MICALE (campeão com o Figueirense em 2008)
Trabalhou, depois, no Atlético Mineiro e nas seleções brasileiras de base, tendo conquistado o ouro olímpico, em 2016. Dirigiu os profissionais do Galo em 2017. Está sem clube.

ENDERSON MOREIRA (campeão com o Cruzeiro em 2007)
Treinou, depois, os profissionais de Ipatinga, Internacional (interino), Fluminense, Goiás, Santos, Grêmio, Atlético Paranaense e América Mineiro, onde conquistou a Série B do Brasileiro, em 2017. Segue no América.

Enderson foi campeão com o Cruzeiro, em 2007. Foto: Mourão Panda/América Mineiro/Divulgação

Enderson foi campeão com o Cruzeiro, em 2007. Foto: Mourão Panda/América Mineiro/Divulgação 

Veja também:

 

CamisetasGozadas.com.br

Curta a PÁGINA DE RISOBOL

Inscreva-se no CANAL RISOBOL no YouTube

Inscreva-se no canal Fritura!

E-book de humor, grátis!