Muitos clubes conhecidos retornam à 1ª divisão de seus campeonatos estaduais em 2018. Dentre eles, o São Caetano, campeão paulista em 2004, bi-vice do Brasileiro em 2000/2001 e vice da Libertadores 2002. O Azulão estava fora da elite do Paulistão desde 2013.

Junto do São Caetano, quem retorna à elite do Paulistão é o Bragantino, campeão paulista de 1990 e vice do Brasileirão em 1991. Sua última temporada na Série A-1 havia sido em 2015.

No Rio de Janeiro, o campeonato começou dia 20 de dezembro passado, com a fase preliminar. Nela está o tradicionalíssimo América, 7 vezes campeão estadual, a última delas, em 1960. Até hoje, o clube é o maior campeão fora do grupo dos 4 grandes. O América havia sido rebaixado em 2016.

CAÇULAS DOS 10 PRIMEIROS ESTADUAIS NO RANKING DE FEDERAÇÕES DA CBF

PAULISTA – São Caetano e Bragantino
CARIOCA – América e Goytacaz (fora desde 1992)
MINEIRO – Boa Esporte e Patrocinense (fora desde 1994)
GAÚCHO – Avenida e São Luiz (clube que revelou Paulo Baier)
CATARINENSE – Concórdia e Hercílio Luz (retorna após 22 anos, no ano do centenário do clube)
PARANAENSE – Maringá e União Beltrão (retorna após 38 anos)
PERNAMBUCANO – Pesqueira
GOIANO – Grêmio Anápolis e Anapolina
BAIANO – Jequié (volta após 20 anos)
CEARENSE – Iguatu e Floresta (ambos estreantes)

Vice do Brasileiro 1991, Bragantino, de Matheus Peixoto, Vitinho e Guilherme Mattis, está de volta à elite do Paulistão. Imagem: Facebook Oficial do C.A. Bragantino/Divulgação

Vice do Brasileiro 1991, Bragantino, de Matheus Peixoto, Vitinho e Guilherme Mattis, está de volta à elite do Paulistão. Imagem: Facebook Oficial do C.A. Bragantino/Divulgação

 

Veja também:

 

CamisetasGozadas.com.br

Curta a PÁGINA DE RISOBOL

Inscreva-se no CANAL RISOBOL no YouTube

E-book de humor, grátis!