Alguns clubes são figurinhas tão carimbadas que já nos acostumamos aos seus nomes estranhos. Exemplos: Avenida-RS, Boca Júnior-SE,  Globo-RN, Lagarto-SE, Samambaia-DF, Socorrense-SE e Tombense-MG.

Outros times de nomes pouco usuais estavam afastados da divisão principal de seus estados ou não se destacaram a ponto de se tornarem conhecidos nacionalmente. São estes que relacionamos neste post.

Por ordem alfabética, confira os 10 nomes de clube mais estranhos da primeira divisão dos campeonatos estaduais em 2018.

AÇÃO/MT – Voltou à ação, propriamente dita, em 2018. Fundado em 2007, havia jogado seu único Campeonato Matogrossense em 2008.

AFOGADOS/PE – Fundado em 2013, o clube é do município de Afogados da Ingazeira, no sertão pernambucano. Afogados no semiárido. Vai para a 2ª participação seguida na 1ª divisão.

BOLAMENSE/DF – Da cidade satélite de Samambaia, o clube tem um nome esquisito, mas já foi pior. Até 2010, chamava-se “Armagedon Metropolitana Renovo”. Seu nome completo – joga com bola de futebol normal, não de meia – agora é “Sociedade Desportiva e Empresarial Afrobrasileira Bolamense Futebol Clube.

DIMENSÃO SAÚDE/AL – O clube de Maceió já mudou-se para o interior, mas está de volta à capital. Ganhou a segunda divisão em 2017, esbanjando… bem… você sabe.

DOZE/ES – Menor que o paraibano Treze (rá!), o Doze capixaba não é novato na 1ª divisão. Foi fundado em 2014 prometendo aplicar um novo formato de gestão e entretenimento no futebol brasileiro, o Crowdmanaging, em que os torcedores participam das decisões do clube pela internet. Foi vice-campeão estadual em 2017.

FORÇA E LUZ/RN – Um nome clássico no futebol brasileiro, mas que não aparecia há algum tempo nos estaduais. Sediado em Natal, tem um bonito raio em seu distintivo. Veremos como irá se comportar no “choque” com os grandes.

FREI PAULISTANO/SE – Da cidade de Frei Paulo. Fundado em 2016, já contou, em seu elenco, com o folclórico Carlinhos Bala, cujas atitudes extra-campo, certamente, não seriam aprovadas pelo Vaticano.

PATROCINENSE/MG – Volta à elite do futebol mineiro após mais de duas décadas. Os patrocinadores ajudaram, mas o nome refere-se à cidade de Patrocínio mesmo.

SPARTA/TO – O clube de Araguaína, talvez, tenha mais que 300… torcedores. Seu escudo é parecido com o do Ceará. Foi vice-campeão tocantinense em 2017.

Veja também:

 

CamisetasGozadas.com.br

Curta a PÁGINA DE RISOBOL

Inscreva-se no CANAL RISOBOL no YouTube

Inscreva-se no canal Fritura!

E-book de humor, grátis!