As transferências de Neymar, do Barcelona para o PSG, e de Philippe Coutinho, do Liverpool para o Barcelona, foram as mais caras da história do futebol. Colegas de Seleção Brasileira desde a base, eles eram os destaques do time sub-17 que disputou o Mundial de 2009, na Nigéria.

O Brasil acabou eliminado na 1ª fase daquele Mundial: ficou em 3º em seu grupo. A Seleção derrotou o Japão na estréia, 3 a 2, com 1 gol de Neymar, e perdeu para Suíça e México, ambos por 1 a 0. O blog conta o paradeiro dos outros 19 atletas inscritos pelo técnico Lucho Nizzo para o torneio.

GOLEIROS
Alisson Becker (na época, no Inter) – Hoje, titular da ROMA e da Seleção principal.
Luís Guilherme (Botafogo) – Chegou a integrar os elencos de base de Manchester City e Lyon. Hoje está no AMÉRICA, do Rio.
André Ferlini (Santos) – Acertou com o VELO CLUBE, da Série A-3 do Paulistão.

LATERAIS
Crystian (Santos) – Após jogar pelo XV de Piracicaba, em 2017, voltou à PENAPOLENSE.
Dodô (Corinthians) – Após passagens por Roma e Inter de Milão, defende a SAMPDORIA.
Romário (Vitória) – O lateral-direito chegou a integrar a base de Manchester City e Hoffenheim. Está no VITÓRIA DA CONQUISTA, da Bahia.

ZAGUEIROS
Gérson (Grêmio) – Após passar por Red Bull, Atenas (URU) e Tubarão/SC, defende o MUMBAI CITY, da Índia.
Romário Leiria (Inter) – Acertou com o BOA ESPORTE na temporada 2018.
Sidimar (Atlético-MG) – Defende o TUPI, da Série C do Brasileiro.

MEIO-CAMPISTAS
Casemiro (São Paulo) – Titular da Seleção e do REAL MADRID.
Elivélton (Santos) – Está no TAUBATÉ, da Série A-2 do Paulistão.
Guilherme Batata (Atlético-PR) – Desde o ano passado, defende o HAMRUN SPARTANS, de Malta.
João Pedro (Atlético-MG) – Após passagens por Santos, Uruguai (Peñarol) e Portugal, defende o CAGLIARI, da Itália.
Wellington Nem (Fluminense) – Emprestado pelo Shakhtar, jogou em 2017 pelo SÃO PAULO. No momento, recupera-se de cirurgia.

ATACANTES
Felipinho (Inter) – Passou por Coréia do Sul e Japão até chegar ao Bahrein, onde defendeu, até o ano passado, o AL-MUHARRAQ. Foi indicado por Alexandre Pato como seu sucessor no Inter.
Giovani Rosa (Inter) – Acertou com o OPERÁRIO, de Campo Grande (MS).
Wellington Silva (Fluminense) – Após não ser aproveitado no Arsenal e rodar por clubes de Espanha e Inglaterra, voltou ao Flu e, em 2018, acertou com o INTERNACIONAL.
Willen (Vasco) – Passou até pela Suécia e hoje está no PRACHUAP, seu 2º clube na Tailândia.
Zezinho (Juventude) – Rodou por Santos, Bahia, Chape, Ceará, Atlético-GO, Atlético-PR… Está no PARANÁ CLUBE.

 

Veja ainda:

 

CamisetasGozadas.com.br

Curta a PÁGINA DE RISOBOL

Inscreva-se no CANAL RISOBOL no YouTube

Inscreva-se no canal Fritura!

E-book de humor, grátis!